Por Que Realizar a SIPAT

Gosto muito de falar sobre a importância de realizar a SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho), pois vejo neste evento um momento onde a empresa pode fazer ações voltadas à segurança trazendo profissionais externos que trarão informações que vêm de encontro ao que sempre é tratado pela empresa.

Sim meus amigos, vocês já devem ter ouvido que “santo de casa não faz milagres”, porém, a SIPAT é uma forma de fazer com que os funcionários ao ouvirem um palestrante, por exemplo, citar uma norma interna de segurança, automaticamente o funcionário se lembra que já ouviu o técnico de segurança ter abordado aquele assunto em uma conversa, DDS, treinamento etc.

Por isso, sempre faço questão de participar da comissão que organiza a SIPAT ou mesmo quando não faço parte da CIPA gosto de dar os meus pitacos na organização, dar dicas de atividades que farão a diferença para os colaboradores.

Se quiser mais dicas sobre como organizar a SIPAT, recomendo a leitura do seguinte artigo: http://segurancadotrabalhobr.com.br/dicas-para-organizar-uma-sipat/

Por que as empresas devem fazer SIPAT?

As empresas precisam fazer a SIPAT todos os anos dentro da vigência da CIPA, primeiro por conta da legislação prevista na NR 05, mas principalmente, para servir de orientação e conscientização para seus funcionários.

Organizando um evento de sucesso é bem capaz que os funcionários saiam do evento valorizando muito mais a empresa e seu empregador, pois vê ali que naquela semana houve um cuidado e atenção especial.

Mais do que isso, quando a empresa faz a SIPAT é possível destacar através de uma palestra alguma norma de segurança que os funcionários têm pecado em cumprir e no momento de atividades mais dinâmicas é possível que estes funcionários aprendam de forma muito prática.

Pois é meus amigos, se sua empresa ainda não faz a SIPAT e você faz parte da CIPA, então se mexa rápido, sua empresa corre risco de ser multada pelo MTE e você pode responder por isso também, mas em primeiro lugar, pense no maior patrimônio que uma empresa pode ter: seus colaboradores.